quarta-feira, 30 de setembro de 2009

DIEGO


Um comentário:

Fabrizio disse...

Uma das maiores eternas promessas. Não tinha força para chutar e para brigar com os zagueiros.